Meu inquilino está tendo dificuldades para pagar o aluguel ajustado durante a quarentena. Como devo proceder?

Não é novidade que a pandemia do coronavírus (COVID-19) impactou negativamente a vida financeira de muitos brasileiros. Diante desse novo cenário, algumas obrigações locatícias não estão sendo honradas conforme o contrato celebrado. 

Com o fechamento de diversas empresas e alteração das relações trabalhistas, muitas pessoas estão sem saber como reagir aos efeitos da crise, posto que a cada dia está mais difícil de honrar com as despesas básicas para sobrevivência (alimentação, energia, água, aluguel e etc). 

Por outro lado, o locador, com frequência, se utilize dos valores recebidos de aluguel para composição de sua renda, que também pode ter sofrido diminuição em razão dessa pandemia. 

Diante desse cenário crítico que todos estão suportando, se recomenda que as partes busquem uma solução consensual para amenizar os prejuízos decorrentes da pandemia. Sugere-se que as partes exponham de forma clara e verdadeira os impactos que cada uma está sofrendo, a fim de juntos chegarem ao denominador comum. 

Algumas formas de solução são: descontos progressivos da parcela mensal, isenções de encargos, descontos dos valores dos aluguéis, suspensão do pagamento de parcela do aluguel e não cobrança de multa moratória.

Ainda tem dúvidas sobre o assunto? Deixe um comentário no espaço abaixo para continuarmos a conversa. Se preferir, entre em contato conosco pelo WhatsApp clicando aqui, ou ligando para o telefone (41) 3022-2216. Será um prazer orientar você!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ENDEREÇO

Rua Voluntários da Pátria, 400, 19º andar Praça Osório - Curitiba, PR

© 2020 Ling Virmond Advogados Associados – Todos direitos reservados. Desenvolvido por 3MIND.

Open chat